Vídeos

Loading...

segunda-feira, 15 de maio de 2017

EQUILIBRIO

Uma vez ouvi que Deus não pode nos dar um presente novo se estivermos com as mãos ocupadas segurando o velho. Por isso as vezes ele nos tira algo, e só depois de um tempo, quando paramos de chorar pelo antigo, recebemos o novo. Deus deve ser tipo mãe negociando com criança. E acho mais, acho que a tradução de uma vida feliz passa pela constante busca do equilíbrio. Parei de chorar, pode trazer o novo!

SEMPRE ATENTA

Tenho muita admiração por essa delegada. O nome dela é Tania Harada, sempre que nos encontramos eu aprendo algo com ela. Na nossa última conversa falamos sobre a dificuldade de conciliar vida pessoal e profissional, (um desafio atual de todas as mulheres, independente da área em que atue).
Hoje durante uma entrevista coletiva ela anunciou a criação de um setor de assessoria para a polícia civil de Joinville. Aprendi a importância da descentralização. É preciso delegar funções para evoluir. [palmas] Se você andar sempre atenta, é possível que aprenda muitas coisas por aí; eu tento pelo menos. 


quarta-feira, 1 de março de 2017

Estamos de olho

Tenho um monte de coisas legais para contar sobre as emoções das últimas reportagens, só não posto agora porque elas ainda não foram para o ar, e a editora lê meu blog. Que saco! Hahaha
Em breve eu conto os bastidores dessa foto aí 😍

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

TÁ CHAMANDO...

Quando a saudade aperta, uma vídeoconferência resolve. Hoje conversei assim com duas pessoas que eu gosto, Samuca, meu mano aí na foto, que está em Rio do Sul, e uma amiga, Rok, que mora em Itapema.
Além de matar a saudade resolvemos N coisas de trabalho, compartilhando telas, rapidinho.
Como diria Luiz Henrique "Viva Joinville,  Viva a tecnologia". Graças a evolução na tecnologia da informação aceleramos a comunicação, e encurtamos as distâncias. Lembrei de relance de quando era criança e me comunicava com o meu pai por rádio-PX. Todo mundo ouvia a nossa conversa, vocês tem ideia disso? Inclusive meus vizinhos, pois as vezes o nosso diálogo influenciava a transmissão da programação de TV, na hora da novela.... hahaha eles ficavam loucos, mas isso é história para outro post.

Por enquanto fico com o sentimento de coração mais leve por ter matado a saudade, e claro, contando os dias para aquele abraço téti a téti.


POR QUE EU NÃO SOSSEGO?

Parece post repetido, mas não é. Já falei pra vocês sobre a minha incrível capacidade de transformar em trabalho tudo o que eu gosto (ainda não decidi se é bom ou ruim). Voltei a receber duas propostas para o rádio (fiquei tentada), uma coluna em jornal impresso (vou pegar, tô dentro, em breve te conto), e me deu uma vontade louca de dirigir um documentário em vídeo voltado para um problema social de Joinville.
Também recusei duas propostas de assessorias, e tem a minha empresa, (um sonho que eu estou desenvolvendo aos pouquinhos).

Isso gente, em 2 meses. Queria ser mais de uma, imagine só em quantos projetos eu conseguiria me envolver. hahaha

Já não me culpo mais por aqueles que deixei pelo caminho, olhando bem, não eram para mim, estavam desviando o foco.  Enquanto tento não abraçar o mundo, explico para as minhas tias porque aos 30 eu ainda não tenho namorado. hahaha.
Tia, eu quero projetos, e quero mais!



sexta-feira, 7 de outubro de 2016

SIM é sempre SIM!

Hoje fui fazer uma pauta de casamento comunitário dentro da penitenciária indústrial de Joinville. Aí, gente, cada história!! Emocionante!!
Amanhã eu volto pra contar mais. Fiquem ligados na RIC 💝😘